Janelas para o inoportuno

Aos latino americanos, o continente europeu é vendido como o espaço das oportunidades. Tudo em quantidade e qualidade: alimento, emprego, segurança, amores, dinheiro... Longe de ser um convite, este cenário é um retrato do que está distante, inacessível, quase impossível. Para o migrante latino-americano, a aridez polida da Europa cerra as janelas de oportunidades com cimento tal qual se faz tão comumente às janelas das construções abandonadas. A artista constrói esta metáfora com o registro fotográfico de suas andanças perdidas em Portugal.